Conheça os 4 principais tipos de alongamento

Alongar-se é essencial para manter nossos corpos saudáveis ​​e fortes, independentemente de nossa idade ou nível de condicionamento atual. Mas você sabia que nem todos os alongamentos são iguais? Dependendo do seu objetivo e das suas necessidades, há diferentes formas de alongamento para explorar.

Aqui estão quatro dos principais tipos de alongamentos:

1. Alongamento Dinâmico

O alongamento dinâmico é realizado em movimento. Isso significa que envolve o corpo realizando movimentos de ampla amplitude de forma repetitiva. O objetivo é aquecer e liberar as articulações. O alongamento dinâmico é um dos tipos de alongamento mais seguros para fazer antes do treinamento devido a sua habilidade em aumentar a temperatura corporal. Isso ajuda a prevenir lesões e melhora a performance. Também é provado que os alongamentos dinâmicos têm um melhor resultado no aumento da flexibilidade do que alguns dos outros tipos de alongamentos.

2. Alongamento Estático

O alongamento estático consiste em alongar usando força contínua sem movimento. Geralmente envolve segurar e esticar um músculo enquanto se conta de 10 a 30 segundos. Os alongamentos estáticos podem ser feitos como parte de um treino, pois são benéficos para auxiliar no aquecimento e incorporar exercícios em sua rotina. No entanto, os alongamentos estáticos não devem ser feitos em extremidades que estão frias, como o ângulo. Isso pode levar a lesões nas articulações.

3. Alongamento PNF

A abreviatura PNF significa “facilitação neuromuscular proprioceptiva”. É um método de alongamento ativo-resistido que envolve os princípios da fisiologia neuromuscular. É mais adequado para pessoas que já desenvolveram um certo grau de flexibilidade. Envolve variáveis ​​como um movimento de alongamento, contração isométrica e alongamento passivo para ajudar a liberar a tensão dos músculos. Os alongamentos PNF são geralmente limitados aos profissionais de saúde devido à complexidade.

4. Alongamento Corporal Integral

Ou seja, o alongamento global usa movimentos corporais lentos e controlados para alongar os músculos. O objetivo é criar ligações entre os músculos e as articulações. O alongamento integral do corpo é diferente de outros tipos de alongamentos, pois foca na consciência corporal e é mais apropriado para aqueles que querem desenvolver a musculatura global.

Depois de saber sobre os principais tipos de alongamento, é importante entender as mais indicadas para a sua rotina de exercícios. Lembre-se de realizar qualquer tipo de alongamento com bastante atenção. Incorpore ao menos alguns destes tipos de alongamentos às suas rotinas e considere os benefícios que cada um pode trazer.

DEXT RETURNS PRIMÁRIO

DEXT RETURNS TERCIÁRIO

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*